EMPRESA - Produtos e Serviços
Rua Maria Angélica Soares Gomes, 31 - Ermelino Matarazzo - 03813-090 São Paulo - SP
Fone: (11) 2542-2760 - Fax:(11) 2542-2762 | fesaco@fesaco.com.br







Tubos de aço e Tubos de Ferro | Normas

CHAPAS - QUALIDADE SOLDÁVEIS DE ALTA RESISTÊNCIA, ESTRUTURAL E RESISTENTE À ABRASÃO

QUALIDADE SOLDÁVEIS DE ALTA RESISTÊNCIA,
ESTRUTURAL E RESISTENTE À ABRASÃO
Especificação. Composição Química (%) Propriedades Mecânicas
C Si Mn P S Cr Cu Mo V Ti B Ni Nb LE Kgf/mm2 (Mín.) LR Kgf/mm2 (Mín.)
Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx.
USI SAR 120-T 0,20 1,00 a 1,40 0,70 a 1,40 0.025 0.015 0.85 a 0,15 - 0,15 a 0,25 0,10 - 60,00 1,10 a 1,60 - ³ 1000 E £ 30,0 > 1200,0
> 30,0 > 1150,0
100-T 0,18 0,15 a 0,35 0,60 a 1,20 0.030 0.020 0.40 a 0,80 0.15 a 0,50 0.30 a 0,60 0.070 a 1,50 0.10 ³ 900 970 a 1150
80C-T 0,16 0.030 0.40 a 1,00 0.25 a 0,60 1,50 - ³ 700 800 a 950
70-T 0,16 0,15 a 0,35 0,60 a 1,20 0.030 0.025 0.60 0,50 - 0,30 a 1,00 0.08 E £ 50,0 ³ 630 0.070 a 1,50
E > 50,0 ³ 610 E £ 30,0 680 a 830
AR 321-Q/L 0,20 0,40 1,50 0.030 0.015 0,80 - 0,40 - 0.030 50,00 - - - -
360-Q/L 0,22
400-Q/L 0,32
500-Q  
Especificação Composição Química (%) Propriedades Mecânicas  
C Si Mn P S Cr Cu Mo V TI B Ni LE Kgf/mm2 (Mín.) LR Kgf/mm2 (Mín.)
Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx.
ASTM-A-514 B-T 0,12 a 0,21  0.20 a 0,35 0,70 a 1,00 0.035 0.035 0.40 a 0.65 - 0,15 a 0,25 0,030 a 0,080 0,010 a 0,030 5 a 50 - ³ 690 760 a 895
F-T 0,10 a 0,20 0,15 a 0,35 0,60 a 1,00 0,15 a 0,50 0,40 a 0,60 - 5 a 60 0,70 a 1,00
H-T 0,12 a 0,21 0,20 a 0,35 0,95 a 1,30 - 0,20 a 030 5 a 50 0,30 a 0,70
Q-T 0,14 a 0,21 0,15 a 0,35 0,95 a 1,30 1,00 a 1,50 - 0,40 a 060 - - 1,20 a 1,50 E £ 64,0 ³ 690 690 a 895
E > 64,0 ³ 620

CHAPAS - QUALIDADE ESTRUTURAL SOLDÁVEL DE ALTA RESISTÊNCIA

Aplicação das chapas de ferro e aço: estrutura em geral, postes, edifícios, guindastes, vagões, implementos agrícolas, tanques comportas, equipamentos de terraplenagem, vaso de pressão, maquinas e componentes industriais, tais como: condutos forçados, tanques e comportas. Este agrupamento refere-se aos aços ou carbono de resistência superior a 400n/mm2, traduzindo assim redução de peso do material, o que os indica para montagem de grandes portes.

Neste grupo destaca-se os aços USI-SAR, desenvolvidos pelos Usiminas para atender os requisitos de alta resistência, boa soldabilidade, alta eficiência das juntas soldadas, boa trabalhabilidade e boa resistência a abrasão.

Podem ser fornecidos segundo três graus:

- USI-SAR-50, USI-SAR-55 e USI-SAR-60 com limite de resistência superior a 500, 550 e 600n/mm2, respectivamente. São normalmente utilizados na construção de componentes industriais sujeito a especificações rígidas, visto serem bem definido os esforços a que estão submetidos os equipamentos.

Especificação
Composição Química (%)
Propriedades Mecânicas
Si
Mn
P
S
Cu
LE  
Kgf/mm2 (Mín.)
LR Kgf/mm2 (Mín.)
Alongamento (%)
Máx.
Máx.
Máx.
Máx.
Máx.
50 A 
0,18
0,25 a 0,45
0,90 a 1,30
0,035
0,04
-
33
50 a 58
E £15 E£30 E>30
20
22
NTU-SAR
50 B 
0,18
1,10 a 1,150
-
20
55
0,18
0,35 a 0,55
1,20 a 1,50
0,035
0,04
-
36
55 a 63
E£15 E>15
18
20
60 RB 
0,18
0,45 a 0,55
0,90 a 1,50
0,03
0,03
-
46
60 a 72
E£15
20
60RC
E>15 
26
DIN-17100
RST-50,2
0,3
-
-
0,05
0,05
-
30
50 a 60
Lo=5 Do
20
RST-52,3
0,2
0,55
1,5
0,045
0,045
-
36
52 a 62
Lo=5 Do
22
RST-60,2
0,4
-
-
0,05
0,05
-
34
60 a 72
Lo=5 Do
45
ASTM-A-440
0,28
0,3
1,10 a 1,60
0,04
0,05
0,2
35 a 45
49 a 21
-
48
0,28
0,3
0,2
32 a 34
47 a 40
21
48
0,28
0,3
0,2
29 a 53
44 a 29
21
48
ASTM-A-
0,22
0,3
0,85 a 1,25
0,04
0,05
0,2
35 a 45
49 a 21
-
48
0,22
0,3
0,2
32 a 34
47 a 10
21
48
0,22
0,3
0,2
29 a 53
44 a 29
21
48

QUALIDADE ESTRUTURAL SOLDÁVEL DE ALTA RESISTÊNCIA, RESISTENTE À CORROSÃO ATMOSFÉRICA

Aços aplicáveis em implementos agrícolas, equipamentos para mineração, navios, vagões, pontes e edifícios. São aços de baixa liga, caracterizando-se rela alta resistência mecânica (LR= 435n/mm2), e notável resistência à corrosão atmosférica, alem de boa soldabilidade.

Neste grupo inseri-se os usi-sac, produtos especialmente desenvolvidos para superar a corrosão atmosférica. Sua utilização, quando comparada co dois aços comuns, proporciona economia, fundo de redução de espessura e, conseqüentemente, do peso, devido à elevada resistência a tração e a corrosão.

Por outro lado, os aços USI-SAC possuem excelentes soldabilidade, ótima aderência da pintura, alem da possibilidade de serem usados sem pintura.

 Especificação Composição Química (%) Propriedades Mecânicas
C Si Mn P S Cu Cr Ti LE   Kgf/mm2 (Mín.) LR Kgf/mm2 (Mín.)
Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx.
NTU SAC-50-I 0.12 0.15 a 0.35 0.90 0.06 a 0.12 0.035 0.25 a 0.50   0.15 35 47
 NTU SAC-41 A 0.18 0.35 1.20 0.035 0.035 0.25 a 0.50 0.40 a 0.65   E<16 25 41 a 52
B E<40 24
C E<40 22
NTU SAC-50-I 0.12 0.15 a 0.35 0.90 0.06 a 0.12 0.035 0.25 a 0.50   0.15 40 50
 NTU SAC-50-11 A 0.16 0.15 a 0.55 0.80 a 1.40 0.035 0.035 0.25 a 0.50 0.40 a 0.65 0.15 E<16   37 50 a 62
B  
C E<16   36
 ASTM A-242 Gr I 0.15 - 1.00 0.15 0.050 0.20 -1 -1 E<19.1 35.15 E<38.1 32.34 E<50.8 29.53 E<19.1  49.21 E<38.1  47.10 E<50.8  44.29
Gr II  0.20 - 1.35 0.04 0.050 0.20 -1 -1
ASTM A-588 Gr A 0,10 a 0,30 0.15 a 0.30 0.90 a 1.25 0.040 0.050 0.25 a 0.40 0.40 a 0.65 -2 35.15 49.22 

CHAPAS - QUALIDADE DE CALDEIRAS E VASOS DE PRESSÃO

São chapas de especificação ASTM-A285, ASTM-515, ASTM-A455, ASTM-A516, ASTM-A299, ASTM-442 e DIN-17455-15Mo3 São aplicadas em equipamentos (caldeira e vaso de pressão) onde as especificações bastante rígidas, visto estarem bem definidos os esforços a que estão sujeitos os equipamentos.

No caso da especificação ASTM-A516, quando as características do projeto exigirem choque, conforme ASTM-A20, as chapas deverão ser normalizadas, alem de necessitarem de uma composição química mais adequada.

Aplicações típicas:

· ASTM-A285 – equipamentos que trabalha a baixa e media pressão.
· ASTM-A515 – recipientes sob pressão e trabalho em temperaturas intermediárias e altas.
· ASTM-A516 – recipiente sob pressão e trabalho a baixa temperatura.
· DIN-17155 – 15Mo3 – equipamentos em que o aço devera suportar esforços a alta temperatura (necessidade do aço de manter o limite de escoamento a alta temperatura).
Especificação Composição Química (%) Propriedades Mecânicas
C Si Mn P S Mo LE LR
Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. kgf/mm2(mín.) Kgf/mm2 (mín.)
ASTM A 285 (1) A 0,17 - 0.90 0.035 0.045 - 16.90 31,60 a 45,70
B 0.22 - 0.90 0.035 0.045 19.00 35.20 a 49.20
C 0.28 - 0.90 0.035 0.045 21.10 38.70 a 52.70
ASTM A-442 Gr-55 0.22 (2) 0.24  -3 0.80 a 1.10 (3) 0.040 0.050 - 21.09 38.67 a 52.70
Gr 60  0.24 (2) 0.27 -3 0.80 a 1.10 (3) 0.040  0.050 22.50 42.19 a 56.20
ASTM A-455  I Gr A 0.33 0.10 0.85 0.040 0.050 - 26.37 52.73 a 66.80
Gr B   25.66 51.33 a 65.40
Gr C  a 24.60 49.20 a 63.30
II Gr A 0.28 0.15 a 0.30   26.37 52.73 a 66.80
Gr B  1.20 25.66 51.33 a 65.40
Gr C   24.60 49.20 a 63.30
ASTM A-515  Gr 55  0.20 (2) 0.22 0.15 a 0.30 0.90 0.035 0.040 - 21.09 38.67 a 52.70
Gr 60  0.24 (2) 0.27 0.90 0.035 0.040 22.50 42.19 a 56.20
Gr 65  0.28 (2) 0.31 0.90 0.035 0.040 24.61 45.70 a 59.80
Gr 70 031 (2) 0.33 0.90 0.035 0.040 26.72 49.22 a 63.30
ASTM A-516  Gr 55  0.18 (5) 0.20 0.15 0.60 a 1.20 (6) 0.035 0.040 - 21.09 38.67 a 52.70
 
Gr 60  0.21 (5) 0.23 a 0.035 0.040 22.50 42.19 a 56.20
Gr 65  0.24 (5) 0.26   0.85 a 1.20 (6) 0.035 0.040 24.61 45.70 a 59.80
Gr 70 0.27 (5) 0.28 0.30 0.85 a 1.20 0.035 0.040 26.72 49.22 a 63.30
DIN 17155 (9) 15 Mo3 0.12 a 0.20 0.15 a 0.35 0.50 a 0.70 0.040 0.040 0.25 a 0.35 28.0 44.0 a 53.0

* Teor De Vanádio: 00,9 a 0,14

(1) Quando especificado, o teor de cobre será de 0,20 a 0,35
(2) Para espessuras inferiores a 25,4 mm
(3) Para espessuras superiores a 25,4 mm: % Si deve ser de 0,15 a 0,30 e % de Mn de 0,60 a 0,90
(4) Quando solicitado
(5) Para espessuras iguais ou inferiores a 12,7
(6) Para espessuras iguais ou inferiores a 12,7 mm o teor de manganês será de 0,60 a 0,90

CHAPAS - QUALIDADE ESTRUTURAL PLATAFORMAS MARÍTIMAS

Especificada Composição Química (%)
C Si Mn P S Al Ni Cr
Máx. Máx. Máx. Máx Máx. Máx. Máx. Máx.
ABS
AH-32
0,18
0,1
0,9
0,04
0,04
0,06
0,4
0,25
DH-32
a
a
AH-36
DH-36
0,5
1,6
BV
AH-32
0,21
0,55
1,5
0,05
0,05
¾
¾
¾
AH-36
LR
AH-32
0,18
0,5
0,7
0,04
0,4
0,015
0,4
0,2
 
a
a 
AH-36
 
1,60
0,06
DH-32
0,90 a 1,60
GL
AH-32
0,18
0,1
0,9
0,04
0,04
0,06
0,4
0,2
DH-32
a
a
0,02 a 0,06
AH-36
0,06
DH-36
0,4
 
1,60
0,02 a 0,06
ASTM
AH-32
0,18
0,1
0,9
0,04
0,04
0,06
0,4
0,25
A-131
DH-32
a
a
AH-36
DH-36
0,4
1,6
 
Especificação Composição Química (%) Propriedades Mecânicas
C Si Mn P S C + Mn/6 LE  LR Alongamento (%)
50mm      200mm
Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Máx. Kgf/mm2 (min) kgf/mm2 (min.)
ASTM A 131 A 0,24 ¾ 0,60 a 0,90 0,04 0,05   22,5 40,8 a 49,9 24 21
B 0,21 < 0,15 0,80 a 1,10 0,04 0,05 0,4        
    21,1 38,7 a 45,7 26 23
 ³ 0,15 0,60 a 1,10        
C 0,23 0,15 a 0,30 0,60 a 0,90 0,04 0,05 0,4        
D 0,21 0,35 0,60 a 1,35 0,04 0,05 0,4        

TUBOS - NORMAS DE TUBOS DE AÇO CARBONO

ASTM

A-53 SCH 40 e 80 – Tubos de aço carbono, pretos ou galvanizados com exigências especiais.
A-106 SCH 40 e 80 – Tubos de aço carbono sem costura, para serviços de alta temperatura.
A-178 – Tubos de aço carbono, soldados por resistência elétrica para caldeiras.
A-179 – Tubos de aço carbono, sem costura, trefilados a frio, para permutadores de calor ou condensadores.
A-192 – Tubos de aço carbono, sem costura, para caldeiras de alta pressão.
A-214 – Tubos de aço carbono, soldados por resistência elétrica para permutadores de calor ou condensadores.
A-335 – Tubos de aço-liga ferrítico, sem costura, para serviços a alta temperatura.
A-423 – Tubos de aço carbono de baixa liga para evaporadores, aquecedores e outros fins.
A-500 -  Tubos de aço carbono, de seção circular, quadrada, retangular para fins estruturais
 
DIM
DIN-1615 – Tubos de aço carbono sem requisitos especiais de qualidade.
DIN-2324 – EN – 10305-3 – Tubos de aço carbono com costura, laminados a frio de precisão, para auto-peças, móveis, eletrodomésticos e outros fins.
DIN-2440 EN-10255 – Tubos de aço carbono com costura, para condução e outros fins.
DIN. 2458 EN-10220 – Tubos de aço carbono com costura, para evaporadores, aquecedores e outros fins
 
NBR
NBR – 5580 Tubos de aço carbono com costura pretos ou galvanizados, para condução de fluídos com exigências especiais.
NBR – 6591 – Tubos de aço carbono com costura pretos ou galvanizados de secção circular, quadrado, retangular, para fins industriais.
NBR – 5597 – Eletrodutos de aço carbono, com roscas e luva NPT.
NBR – 5598 – Eletrodutos de aço carbono, com roscas e luva BSP.
 
API
API Spec5L – Tubos especiais para petróleo.
© Fesaço Comercial de Ferro e Aço Ltda 2010 - Todos os direitos reservados - site by OESP